quarta-feira, dezembro 05, 2007

Mens sana in corpore sano

Um estudo recente descobriu uma molécula, VGF, que é produzida em resposta ao exercício físico. Esta molécula possui propriedades antidepressivas, estimula o crescimento e manutenção das fibras nervosas e está relacionada com uma sensação de bem estar generalizada conhecida como efeito Runner's high (produção de endorfinas). Está explicado o meu vício em exercício... e já agora o do chocolate, por acção da Phenylethylamine, outro forte antidepressivo. Seremos meros fantoches da química neurológica ou teremos ainda uma palavra a dizer? Seja como for, venha daí esse joguinho de futebol, volley ou squash, seguido de um chocolatinho, que o efeito da última dose está a passar... e já agora mais um cafézinho que me está a dar a moleza pós-prandial.

4 comentários:

Arroz de Casca disse...

O chocolate tem esse efeito tremendo em mim. Às vezes sou tipo fumadora - capaz de ir até ao fim do mundo por um maço/tablete! É uma coisa inexplicável. Reviro a casa toda "em busca de"...
Já o desporto, curiosamente, não tem esse efeito. Nunca teve o suficiente para me motivar por aí além. Mesmo quando fazia com regularidade. Serei eu a margem de erro para esse estudo? :)

Catarse disse...

hummm chocolate... acho que vou tentar atacar uns maltesers desprevenidos que estão aqui perto.

Arroz de Casca disse...

Já ia era um chocolate preto...ou, melhor, Trufas simples. TRUFAS, sou o monstro das TRUFAS...Fujam!

IM disse...

Pois eu sou a confirmação, a prova viva disso tudo...sou exercício-dependente e sei, por experiência própria, o bem que isso faz ao corpo e à alma!!!! Também alinhava num joguinho,em nome dos velhos tempos e do meu braço direito...pumba!! Vai buscá-la!!! ehehehehe...