sexta-feira, julho 24, 2009

sábado, julho 11, 2009

Grandes personagens de seriados



Douglas Wambaugh, Picket Fences

sexta-feira, julho 03, 2009

Hoje: Coimbra

Smix Smox Smux
Eles São Os Smix Smox Smux
03.07 SEX 22 Coimbra
Fnac

O Roque neles sai Panque, sai Fanque, sai para dançar e para beber cerveja. Os Smix Smox Smux a lembram a assimetria sónica dos Pavement e a pulsação rítmica de Sly e a família Stone. A banda de Braga usa bisnagas e executa assaltos, não gosta de sopa e conta como ninguém os pormenores do típico fim-de-semana parolo. Eles São os Smix Smox Smux é o trabalho de estreia que promete espectáculo, gargalhada, verdade, acidez e agitação.

sexta-feira, junho 12, 2009


sábado, junho 06, 2009

domingo, maio 03, 2009

Que era a nova canela

A hortelã é o novo chá verde.

quinta-feira, abril 30, 2009

"É complicado, é complicado."

quarta-feira, abril 29, 2009

"O senhor doutor está em reunião."

terça-feira, abril 28, 2009

"Então, eu depois mando um mail."

quinta-feira, abril 16, 2009

segunda-feira, abril 13, 2009

Visão do terceiro mundo

Como ser um país do terceiro mundo? É simples. Basta perguntar a qualquer brasileiro por que razão não aposta o país numa boa rede de caminho-de-ferro. A resposta é pronta: o que faríamos aos camionistas desempregados?

A mesma linha de raciocínio é seguida aqui: é preciso acabar com a produção gratuita de conhecimento porque se poderia estar a pagar a alguém para o produzir.

Em qualquer destas actividades, se dependermos do trabalho voluntário gratuito, estamos a fazer um mal parecendo que fazemos um bem. Estamos a fazer um mal porque não permitimos o desenvolvimento de melhores maneiras de fazer essas actividades, e porque tiramos empregos a milhares de pessoas que neste momento estão desempregadas e que teriam outras perspectivas de vida. E estamos a prejudicar gravemente a vida económica de todos, porque a nossa riqueza depende crucialmente das trocas comerciais, da compra e venda de bens e serviços. Para quem está desempregado, o voluntário que lhe faz gratuitamente o trabalho que ele poderia fazer numa empresa ganhando o seu ordenado não é uma figura assim tão simpática.

Vamos também acabar com o Linux, pois a Microsoft e a Google não podem ter esse tipo de concorrência desleal.

O progresso não destrói empregos. Muda-os, geralmente para melhor...

quarta-feira, abril 01, 2009

"Eu peço-vos, entrem na vida."

Dziga Vertov

terça-feira, março 31, 2009

"Serei pó, mas pó enamorado."

João César Monteiro

segunda-feira, março 30, 2009

"Kiarostami é um dos poucos cineastas contemporâneos que respeito."

Takeshi Kitano

sexta-feira, março 27, 2009

"Viva o Cinema!"
Roberto Rossellini

quarta-feira, março 25, 2009

"O meu nome é Jonh Ford e faço Westerns"

Jonh Ford

segunda-feira, março 23, 2009

"O cinema é uma indústria terrivelmente cara."

António de Oliveira Salazar

sexta-feira, março 20, 2009

"Ninguém poderá ser considerado mestre da arte dita cinematográfica se não for pessoa de vida e costumes exemplares."

Jean-Marie Straub

quinta-feira, março 19, 2009

"Filmar é uma violência do olhar, uma profanação do real (...)"

João César Monteiro

quarta-feira, março 18, 2009

Quase tudo sobre a Economia portuguesa

Excelente entrevista a Abel Mateus.

Quando se diz que o PIB cresceu um ou 1,5 por cento, não é isso que cresce o rendimento dos portugueses, porque já temos de pagar muitos juros ao exterior. No período 2005-09, embora o crescimento médio do PIB tenha sido à volta de um por cento, em termos de rendimento nacional esteve estagnado.

"Tudo o que é interessante passa-se na sombra, decididamente."

L.F.Céline

terça-feira, março 17, 2009

"Viva o 25 de Abril ! "

domingo, março 15, 2009

Coincidências do c*$%&#*

As bolas a que o Beto não se atirou na semana passada no jogo contra o Porto:





A notícia de que o Porto contratou o Beto:
O dono da baliza leixonense, Beto, firmou contrato com o FC Porto válido para as próximas 4 épocas.

quinta-feira, março 12, 2009

"Eu sou o cine-olho."

Dziga Vertov

quarta-feira, março 11, 2009

Retesar

Eu reteso, tu retesas, ele retesa...
O verbo existe. Continua a achar que não devia existir, mas existe. :)

Prestígio

Sócrates e José Eduardo dos Santos reunidos (bonita aquela cena das assinaturas no jardim, um misto de Casa Branca e festa de croquete e sumo de laranja em copos de plástico). Falta o Chávez.
O Secretário de Estado Cravinho que foi à Guiné dizer que está tudo bem também podia ter trazido uns militares e políticos de lá. Podiam ainda passar em Londres e trazer o Vale e Azevedo. Juntavam-se todos à volta do Sócrates.

Num mundo perfeito, os que não estivessem presos estariam a jogar à vermelhinha, a tentar sacar uns trocos uns aos outros.

No mundo imperfeito em que vivem os angolanos e os guineenses, era uma excelente oportunidade para uma bomba.

Estamos cada vez mais próximos do Chávez, do Eduardo dos Santos e do Vale e Azevedo. Cada vez mais longe de sermos um país sério. Os ditadores, os ladrões e os traficantes de droga são nossos amigos, desde que tenham petróleo?

terça-feira, março 10, 2009

"Montar um filme é ligar as pessoas umas às outras e aos objectos através dos olhares."

Robert Bresson

segunda-feira, março 09, 2009

"Fazer um filme é melhorar a vida."

François Truffaut

domingo, março 08, 2009

Políticos que falam verdade



O que é com os turistas espanhóis vão fazer à Rússia? Zapatero responde em conferência de imprensa com o Presidente Medvedev...

sexta-feira, março 06, 2009

"De todas as artes, a mais importante para a Rússia, na minha opinião, é a arte Cinematográfica."

Lenine

quinta-feira, março 05, 2009

"Abaixo as 16 imagens por segundo!"

Dziga Vertov

quarta-feira, março 04, 2009

"Les arts futurs seront des boulerversement de situations, ou rien."
Guy Debord

terça-feira, março 03, 2009

Dos pseudo-intelectuais

O (sic) é o novo tout court.

"La plupart des gens aiment trouver dans un tableau ce qu´ils aiment dans la réalité."
E.H. Gombrich

segunda-feira, março 02, 2009

"Todos os filmes nascem livres e iguais."
André Bazin

sábado, fevereiro 28, 2009

"Courbet é um esforçado operário, um selvagem com uma paciente vontade."
Baudelaire

sexta-feira, fevereiro 27, 2009

“Le cinéma – c’est une invention sans avenir."
Antoine Lumière

quinta-feira, fevereiro 26, 2009

Tudo é velocidade: justa precipitação.

domingo, fevereiro 22, 2009

sexta-feira, fevereiro 20, 2009

Cine, ma vérité.
Chris Marker

quinta-feira, fevereiro 19, 2009

Lobo com pele de cordeiro

Só a discriminação dos talheres e a segregação dos pratos me permitem lavar bem a loiça.

quarta-feira, fevereiro 18, 2009

«A homossexualidade não é normal», diz cardeal D. José Saraiva Martins.
E a necrofilia gay, também não, digo eu.
Mas digo tantas parvoíces, que afinal talvez seja normal que um homem de chapeuzinho vermelho no cocuruto ame outro homem pendurado numa cruz, com meio gibão rasgado à cintura. E morto.

segunda-feira, fevereiro 16, 2009

o detalhe e o pudor

segunda-feira, fevereiro 09, 2009

Está bem... façamos de conta

Façamos de conta que nada aconteceu no Freeport. Que não houve invulgaridades no processo de licenciamento e que despachos ministeriais a três dias do fim de um governo são coisa normal. Que não houve tios e primos a falar para sobrinhas e sobrinhos e a referir montantes de milhões (contos, libras, euros?). Façamos de conta que a Universidade que licenciou José Sócrates não está fechada no meio de um caso de polícia com arguidos e tudo.

Façamos de conta que José Sócrates sabe mesmo falar Inglês. Façamos de conta que é de aceitar a tese do professor Freitas do Amaral de que, pelo que sabe, no Freeport está tudo bem e é em termos quid juris irrepreensível. Façamos de conta que aceitamos o mestrado em Gestão com que na mesma entrevista Freitas do Amaral distinguiu o primeiro-ministro e façamos de conta que não é absurdo colocá-lo numa das "melhores posições no Mundo" para enfrentar a crise devido aos prodígios académicos que Freitas do Amaral lhe reconheceu. Façamos de conta que, como o afirma o professor Correia de Campos, tudo isto não passa de uma invenção dos média. Façamos de conta que o "Magalhães" é a sério e que nunca houve alunos/figurantes contratados para encenar acções de propaganda do Governo sobre a educação. Façamos de conta que a OCDE se pronunciou sobre a educação em Portugal considerando-a do melhor que há no Mundo. Façamos de conta que Jorge Coelho nunca disse que "quem se mete com o PS leva". Façamos de conta que Augusto Santos Silva nunca disse que do que gostava mesmo era de "malhar na Direita" (acho que Klaus Barbie disse o mesmo da Esquerda). Façamos de conta que o director do Sol não declarou que teve pressões e ameaças de represálias económicas se publicasse reportagens sobre o Freeport. Façamos de conta que o ministro da Presidência Pedro Silva Pereira não me telefonou a tentar saber por "onde é que eu ia começar" a entrevista que lhe fiz sobre o Freeport e não me voltou a telefonar pouco antes da entrevista a dizer que queria ser tratado por ministro e sem confianças de natureza pessoal. Façamos de conta que Edmundo Pedro não está preocupado com a "falta de liberdade". E Manuel Alegre também. Façamos de conta que não é infinitamente ridículo e perverso comparar o Caso Freeport ao Caso Dreyfus. Façamos de conta que não aconteceu nada com o professor Charrua e que não houve indagações da Polícia antes de manifestações legais de professores. Façamos de conta que é normal a sequência de entrevistas do Ministério Público e são normais e de boa prática democrática as declarações do procurador-geral da República. Façamos de conta que não há SIS. Façamos de conta que o presidente da República não chamou o PGR sobre o Freeport e quando disse que isto era assunto de Estado não queria dizer nada disso. Façamos de conta que esta democracia está a funcionar e votemos. Votemos, já que temos a valsa começada, e o nada há-de acabar-se como todas as coisas. Votemos Chaves, Mugabe, Castro, Eduardo dos Santos, Kabila ou o que quer que seja. Votemos por unanimidade porque de facto não interessa. A continuar assim, é só a fazer de conta que votamos.



Mário Crespo

Maravilhoso Portugal, maravilhoso!

Uma vez que não foi a OCDE nem a Smith & Pedro, pode ser que desta vez não seja preciso corrigir o post...

Ainda assim, suspeito que se a opinião fosse a contrária, o post diria "DIRECTOR de Organização Internacional afirma...".
Estou a brincar! Nesse caso não existiria post nenhum.

sexta-feira, fevereiro 06, 2009

quinta-feira, fevereiro 05, 2009

quarta-feira, fevereiro 04, 2009

Parto prato como romã

segunda-feira, janeiro 26, 2009

Curioso país, língua engraçada

Forma como foi licenciado o Freeport "fragiliza" José Sócrates.

Forma como foi "licenciado" José Sócrates fragiliza o Freeport.

Freeport fragiliza José Sócrates, que será licenciado.

quinta-feira, janeiro 22, 2009

Do celibato enquanto íman

Crianças pobres e surdas. Algumas surdas-mudas. 67 crianças que entre os anos 1950 e 1984 foram violadas repetida e continuadamente numa residência de um instituto de Verona, em Itália. Violadas nos quartos, nos quartos-de-banho, debaixo do altar, no confessionário. Violadas por 25 padres e outros religiosos, alguns dos quais se mantêm em funções e por quem as crianças, agora adultas, passam nas ruas de Verona.
Na verdade não foram só 67. Mas 67 das crianças abusadas juntaram-se agora para tornar público o horror em que viveram. Não querem dinheiro nem condenações judiciais (sabem que os crimes já prescreveram). Querem que os padres em causa que se mantêm em funções sejam tirados da instituição.

O Bispo de Verona, em comentário, insinua que eles querem é dinheiro. E quanto aos violadores, diz que, para já, nada pode fazer.

Tudo aqui.

Dois factos aparentemente não relacionados...

Prisões: reclusos homossexuais poderão passar a receber visitas íntimas

Caso Freeport: polícia faz buscas a tio de Sócrates e ao advogado Vasco Vieira de Almeida

terça-feira, janeiro 20, 2009

Eu procuro naufragar


Foi o primeiro "grande" concerto que vi ao vivo. No Verão de 92 (ou seria 93?), Sitiados na Praça de Touros da Figueira da Foz.

quarta-feira, janeiro 14, 2009

2009 - Imagine no religions II

“Cautela com os amores. Pensem duas vezes em casar com um muçulmano, pensem muito seriamente, é meter-se num monte de sarilhos que nem Alá sabe onde é que acabam.”
Cardeal José Policarpo

Agora digam lá que foi descontextualizdo e que o Sr. Cardeal até é boa pessoa e um humanista e que sempre se bateu pela inclusão e tal...

sexta-feira, janeiro 09, 2009

quarta-feira, janeiro 07, 2009

Cool é

relíquias expostas numa estante expedit não saber o que isso quer dizer.

sexta-feira, janeiro 02, 2009

Cool é

estar integrado numa civilização que comemora o saque do prepúcio de Jesus com um feriado. O de 1 de Janeiro.

quinta-feira, janeiro 01, 2009

Cool é

chamuscar o nariz com a fuligem do fogo-de-artifício e não saber o que isso quer dizer.