terça-feira, dezembro 18, 2007

Ideias

Porque o mundo é muito louco ou muito chato e compete-nos fazer dele o que quisermos. Porque somos apenas limitados pela nossa imaginação ou falta dela. Porque o conformismo e o cinza do dia-a-dia só podem ser combatido com uma saudável dose de loucura. Porque às vezes apetece pedir um gin tónico numa portagem. Porque sim e porque não há verdadeiramente nenhum motivo para não o fazer!
Ficam as ideias e as fotos de quem teve a coragem de as executar num link que promete (thanks JFF).
Se alguém estivesse para aí virado, gostava de ver fotos de pessoas vestidas de espantalho, com cabeças de abóbora, a fumar, com chapéu, sobretudo, cachecol e headphones, levando debaixo do braço uma cabeça humana (serve um manequim para evitar problemas legais, de saúde pública ou que a cabeça faça falta a alguém) com um laçarote cor de rosa.

4 comentários:

IM disse...

(gostei muito do de calção cor-de-rosa...eheheheh...até porque com aquele físico de lingrinhas, está pendurado só com uma mão!! Muito atlético!!!)
Olha, quanto às tuas sugestões, é simples....pessoas vestidas de espantalho é o que mais há...cabeças de abóbora pululam (e muitas dessas cabeças até fumam)...com uma cabeça humana debaixo do braço, aqui no Porto, é fácil...é só ir para uma discoteca ou um bar e arranja-se logo uma!!!
Pedir um gin tónico na portagem? E a malta que tem via verde? E pedir um cafezito, não? É que a malta às vezes não tem tempo para tomar e vai com uma neura tal para o trabalho, que facilmente arranja uma cabeça humana (ainda a tentar dizer qualquer coisa...) para pôr debaixo do braço!!!!ehehehe

Catarse disse...

As fotos estão geniais, assim como a ideia no geral!

Agora é aproveitar o mote e dar um pouco de cor à vidinha do dia-a-dia!

Com ou sem cabeças de abóbora, que realmente há para aí algumas... ;))

Arroz de Casca disse...

Tem fotos fantásticas, de facto.
Essas imagens da cabeça de abóbora e do gin na portagem são sugestivas. Mas mais ainda a ideia de que "somos limitados apenas pela nossa imaginação". É algo de que nos deveríamos lembrar todos os dias, sobretudo nos mais negros. Boa inspiração, sr. professor.

Catarse disse...

Limitados, assustados, enervados, alimentados, instigados, inspirados, motivados...

Dependendo do espírito do dia assim a imaginação preenche aqueles buracos de informação, aquilo que não conhecemos, sabemos ou controlamos.

Pode ser muito bom ou muito mau, pode manter-nos próximos da realidade ou fazer-nos viver um sonho/pesadelo mas seremos sempre, em certa medida, escravos dela, navegando ao capricho do que nos der n(ess)a telha, e ao mesmo tempo, se tivermos controlo suficiente, dá-nos acesso a intermináveis mundos novos dentro deste.