segunda-feira, junho 05, 2006

Bandeiras

Para que ao fim e ao cabo haja um pouco de decência nisto tudo, espero que os alunos que tiveram de ir à embaixada espanhola fazer exames para entrar em medicina em Espanha, não penduram bandeiras de Portugal à janela. Mais, espero que os licenciados a que foi prometido um emprego, depois de tirarem um curso, também optem por não as exibir. E os que sempre confiaram nos concursos públicos, e os que sempre vão às consultas externas dos hospitais, e os que sempre gastam 3 horas no I C 19, e os que sempre acreditaram que a liberalização dos combustíveis os ia tornar mais baratos, e os que sempre votaram na não subida dos impostos. Estes: os "sempre os mesmos" em vez da colchas verdes e vermelhas à janela, ou as bandeirinhas nos carros, coloquem um trapo preto: símbolo de um Pais que recusamos para os que virão.

1 comentário:

cidadão comum disse...

o futebol manipula mais facilmente as pessoas do que a participação cívica as move. adorei o blogue. será uma honra tê-lo lá pela minha casa.