segunda-feira, outubro 27, 2008

O mundo real é tramado

A extracção do petróleo que a GALP "descobriu" no Brasil só é rentável com o preço do barril a rondar os 80$, ou acima.

O preço do petróleo baixou hoje, pela primeira vez desde Fevereiro de 2007, a fasquia dos 60 dólares o barril.

Os pequenos carros eléctricos chegarão em força ao mercado americano já em 2009.

É um bom dia para vender aquelas acções da GALP que ainda tinhas esperança que voltassem a subir. O mercado não tem dúvidas disso e a GALP lidera os trambolhões no PSI-20.

Não é a crise internacional. É o mundo real.

4 comentários:

O Homem Terra disse...

Não é a crise, é o mundo real.

Ariadne disse...

Aqui chama-se a economia real (Realwirtschaft).
Temos que perguntar aos profs da FEUC porque jamais ouvimos falar dela em tantas horas de faculdade...

Anónimo disse...

Thats the way they like it.

A esquerda pulula de alegria na ilusão de que o mercado foi vencido pelo keynesianismo.

Wrong. Very wrong. Ajustamento, mais nada.
Ganhar balanço para uma nova escalada especulativa, com um lifting chamado "regulação".

E sobre "Regulação", procura literatura norte-americana (case-studies) - é de sonho e extende-se à impoluta UE.

Quanto ao preço do petróleo, continuaremos a andar na montanha-russa do ora-agora-estamos-em-crise-ora-agora-há-petroleo-a-rodos-mas-entretanto-uma-nova-guerra-rebentou-e-novamente-estamos-nos-200.
Quando os opeps quiserem capitalizar, terão sempre a justificação para o fazer.

Por agora a vaca está no pousio.

artur disse...

Dá-me ideia que desta vez a OPEP matou a vaca...